domingo, 6 de setembro de 2015

{Resenha} A Marca de uma Lágrima

Olá leitores, tudo bem com vocês?

A Resenha de hoje é da nossa parceira Vi Lie do blog Hits Blá blá blá e o livro escolhido foi "A Marca de Uma Lágrima" do talentosíssimo Pedro Bandeira.

Esse foi um dos primeiros livros que li na vida. Leiam a resenha e se encantem com os personagens:



Sinopse: Isabel se acha feia. Será mesmo? Ou somente ela acha isso? Escreve cartas e versos para ajudar o namoro de Rosana, sua melhor amiga, com Cristiano, seu grande amor. Por causa da beleza e da verdade de suas cartas, Cristiano mais se apaixona por Rosana e mais aumenta a desesperança de Isabel. Sua situação agrava-se ainda mais com a morte da diretora da escola, pois a jovem é testemunha de que aquele aparente suicídio seria na verdade um bárbaro assassinato e, a partir de então, sua vida estará.


Quem me conhece desde a adolescência, sabe que sou mega fã do escritor brasileiro Pedro Bandeira. Foi através de suas palavras que viajei demais com um livro (A Droga da Obediência, indicado por um primo que não leu os outros livros da saga) e que arrebatou meu gosto pela leitura. E, como na minha infância não havia internet para correr atrás dos outros livros lançados pelo autor (por favor, lembrem-se que sou uma mulher com mais de 30 anos), eu recorria à biografia que se encontra no final do livro para saber mais sobre as obras publicadas pelo autor. Tanto que, li todos os livros protagonizados pelos Os Karas (e me emocionei ao ler o último livro – publicado em 2014 - que concluiu a saga de uma maneira esplêndida), e foi assim que conheci e li A Marca de uma lágrima, que será apresentado agora.

Diferente da saga Os Karas (quem quiser resenha dos livros, por favor, comente), a história é narrada por Isabel, uma adolescente que se apaixona por seu primo Cristiano, que se apaixona pela melhor amiga de Isabel, Rosana. E agora, como lidar com estes sentimentos, em meio à adolescência?!


Isabel é uma adolescente como muitas, que ama em segredo e tem seus complexos. É uma boa aluna, escrever poesias, sonha em encontrar o amor verdadeiro e “conversa” sobre seus pensamentos com o espelho em meu quarto. O encontro dos quatro personagens principais (como não esquecer Fernando, amigo de Cristiano, que ama Isabel loucamente) acontece na festa de aniversário de Cristiano, mas o desenrolar da trama acontece na escola, durante as aulas.


Em meio ao “triângulo amoroso” protagonizado por Isabel, Cristiano e Rosana, à ajuda pedida tanto por ambos para surpreender seus amados, um crime acontece e o desfecho é surpreendente, solucionado em meio ao caos imaginável. Em meio à uma alucinação, Isabel supõe respostas ao crime, revertendo a situação em meio ao transe em que se colocou. Afinal, como a querida diretora Dona Albertina morreu dentro de sua sala? Onde entra o amor de Fernando no meio de tudo? Será que Cristiano saberá a verdade sobre os poemas enviados e recebidos e sobre o amor que a prima sente por ele?


A marca de uma lágrima é um livro com muita ação e suspense, que prende o leitor do começo ao fim. Você quer descobrir a verdade sobre tantos segredos, quer gritar para Isabel para que ela abra seu coração, quer chorar com suas dúvidas, sofre com seus problemas (e até se identifica com ele)... É um livro com final surpreendente e maravilhoso, que te faz querer um amor assim.


Pedro Bandeira, como em tantos outros livros, soube usar uma narrativa adolescente que me encanta nos livros que já li. Ele soube engrenar a história como um regente atento à sua equipe e fez um livro com suspense, amor, amizade, responsabilidades, fantasias e poemas. Ele mescla o amor nesta fase da vida, assim como suas aflições que, mesmo adulta, não há como não amar ou se apaixonar pelo livro.

Curioso?! Leia e divirta-se... mas esteja atento para todas as surpresas que o livro traz...


Gostaram da resenha? Quem já leu esse livro? Deixem seus comentários

Um grande beijo
Ketilin

3 comentários:

  1. Amo de paixão esse livro, foi o que me fez aprender a gostar de ler, tenho muito que agradecer qo Pedro Bandeira *-*

    Muito bom!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Ingrid, devo muito ao Pedro Bandeira *-*

      Excluir
    2. Verdade Ingrid, devo muito ao Pedro Bandeira *-*

      Excluir